ADVERTORIAL

Envelhecer Sem Rugas Profundas ou Flacidez? Coloque Esses 4 Hábitos Na Sua Rotina!

(2388 Votos)

Se você já tem mais de 40 anos e se preocupa com sua pele, temendo parecer uma bruxa má de filme da Disney ao envelhecer… amiga, você veio ao lugar certo!

Se esse é seu caso, você já sabe bem como a flacidez parece tomar conta de nosso corpo da noite pro dia, e como as linhas de expressão, os “pés de galinha” e “bigode chinês” começam a surgir do nada. No desespero, corremos para pesquisar como suavizar ou esconder tudo isso…

Mas, com tantas promessas, ingredientes e produtos novos surgindo a cada dia, como saber o que realmente funciona? 

A dúvida, o excesso de informações e o medo de perder tempo e dinheiro fazendo a coisa errada que não dará resultados são sentimentos muito frustrantes… e só servem para aprofundar ainda mais as ruguinhas da testa, não é?

Eu sei muito bem como é.

Pensando nisso, depois dos incontáááveis pedidos nessas últimas semanas, querendo saber qual é o meu “segredo” pra parecer tão mais jovem do que sou, eu finalmente resolvi vir aqui contar TUDO a você! 

Hoje irei compartilhar com você o que eu faço desde os meus 35 anos. 

Serei sincera: eu comecei a cuidar de minha pele antes dos 30, mas, só depois de muitas tentativas e erros, infinitas pesquisas e opiniões muito diferentes de dermatologistas, eu descobri uma coisa que fez TODA a diferença pra mim. 

E essa única coisa é a base dos meus “segredinhos”, é o que faz com que as pessoas achem que eu ainda tenho 35 aninhos e se assustem quando revelo que, na verdade, já estou com 55!

Sei que não pareço ter e nem me sinto com 55 anos, mas acho que 35 é exagero, apesar de ser o que as pessoas me dizem.

Bem, vou te mostrar umas fotos e você pode tirar suas próprias conclusões.

Essa aqui sou eu no aniversário de 4 aninhos da minha filha, quando eu tinha apenas 32 anos:

Agora olha nós duas, indo pra uma festa de aniversário em fevereiro deste ano [2020].

E essa sou eu ontem, após passar o dia inteiro em casa, em meus abençoados 55 anos.

Eu sei que eu não sou mais uma menininha à flor da idade como a minha filhota, mas eu fico muito feliz em ver fotos antigas minhas e perceber que, mesmo depois de mais de 23 anos, as coisas não mudaram tanto…

Na verdade, eu sinto que as coisas melhoraram depois dos meus 40 e sei que não são todas as mulheres que conseguem se sentir assim, conseguem se olhar no espelho e sentir orgulho do que veem, com ou sem maquiagem.

É por isso que eu espero que, o que eu irei contar pra você aqui, realmente te ajude como tem me ajudado por todos esses anos…

E, não, antes que você diga alguma coisa, eu nunca fiz botox, nem lifting ou peeling, nem qualquer cirurgia plástica que seja, até porque sempre tive medo de coisas invasivas que envolvam agulhas; também não tenho essa aparência por causa de genética, nem “tive sorte”.

A única diferença entre mim e a grande maioria das mulheres, é que eu aprendi aquela “única coisa”: 

Aprendi a evitar perder certa “substância” do nosso corpo que impede a pele de ‘afinar’, impede o surgimento das rugas e da flacidez ao manter a pele firme e sempre hidratada. 

E é exatamente esse ensinamento que vou passar pra você hoje, pra que você também comece a fazer o que eu faço, para ver e sentir os resultados o mais rápido possível!

Antes, quero deixar algo bem claro: não existe solução mágica. 

Você não vai parecer ter seus 30 e poucos anos da noite pro dia; na verdade, quanto mais velha você for, quanto mais rugas e flacidez tiver, mais demorado será o resultado, contudo vai funcionar sim

Assim como funcionou pra mim e pra todas as quase mil e duzentas mulheres pra quem já indiquei essas “técnicas” no passado. 

Certo. Preparada pra revelar o seu ‘eu’ mais jovem e lindo possível? Se sim, pegue o papel e a caneta para ir anotando tudo e vem comigo!

Mas… por que temos ruguinhas?

Antes de saber como manter a pele madura o mais jovial possível e “cuidar” das ruguinhas, você primeiro precisa saber porque as ‘ruguinhas’ surgem em primeiro lugar. 

Afinal você primeiro precisa saber onde está a “goteira” no teto para poder fechá-la, não? Então, para poder lidar de verdade com o envelhecimento da pele, você precisa primeiro saber o que causa esse problema.

“Mas eu já sei o que causa o envelhecimento! É a passagem do tempo, não? Quanto mais o tempo passa, mais velha ficamos!”, você deve estar pensando, assim como eu o fiz no passado.

E, bem, de certa forma você está certa, sim. 

Mas, aposto que você também sabe bem que, enquanto existem mulheres como essa moça da foto aqui embaixo, que parecem ter sido “castigadas pelo tempo”…

Também existem aquelas mulheres que parecem não envelhecer “de verdade” nunca, continuando sempre lindas, com a pele totalmente invejável, mesmo sem usar maquiagem alguma, como essa moça aqui:

Qual é a diferença entre esses dois “tipos” de mulheres? Tem que ter alguma coisa, algum segredo que essas mulheres que parecem não serem afetadas pelo tempo sabem e as outras não, sim?

Bem, não é exatamente um segredo, é até bem simples entender a “diferença” entre elas:

As como a da primeira foto, realmente acreditam que o “tempo” é o único culpado pelo envelhecimento da pele e não tentam fazer nada pra mudar isso, não buscam informação e simplesmente aceitam como uma “verdade absoluta inalterável”.

Já as como a da segunda foto sabem que, apesar de ser impossível parar ou voltar no tempo, ele não é o único “culpado” pelo envelhecimento da pele, e sabem que aliviar apenas os sintomas de uma pele envelhecida não basta.

Elas, então, agem direto na “outra” causa do envelhecimento, na “culpada” que elas têm sim como controlar e, fazendo isso, elas conseguem “frear” a flacidez e as ruguinhas.

Foi depois de entender tudo isso que eu descobri o que eu precisava fazer; descobri aquela uma única coisa que fez toda a diferença pra mim, passando a guiar toda a minha rotina de cuidados com a pele, e assim, me colocando na “categoria” de mulheres que parecem não envelhecer nunca.

E isso é: a “outra causa” do envelhecimento é a perda de água, porque a coisa mais importante pra nossa pele é a água

Eu sei, parece até ridículo, não? Entendo se você estiver duvidando, eu também duvidei no começo, até eu entender o seguinte:

Primeiro, quando nascemos nosso corpo é formado por, aproximadamente, 80% de água, mas, com o tempo, vamos “perdendo” essa água até que, depois dos 40 anos, a quantidade de água já diminuiu quase pela metade

Não é uma coincidência que os “sinais da idade” começam a aparecer ou ficar mais evidentes nessa faixa etária!

Segundo, para você realmente entender como isso funciona, como a perda de água é uma causa do envelhecimento da pele, pense comigo o seguinte:

Pense em sua pele como sendo uma uva roxa e saborosa como a dessa imagem aqui embaixo:

Uvas têm 81% de água e, apesar dos seres humanos nascerem com 80% de água no corpo, depois dos 40 anos temos apenas em torno de 47%

Uma única uva tem em torno de 81% de água, ou seja, um pouco mais do que temos ao nascer. E olha só o que acontece com as uvas quando “tiram” a água delas:

Assim como nossa pele, as uvas ficam assim sem água: secas e “enrugadas”

Percebeu como, sem água, a uva fica seca, sem brilho, toda “enrugada”? 

Compare agora com o rosto dessa senhora que com certeza não sabia que precisava reter água em sua pele e, por isso, perdeu muita água, acreditando que a “velhice” é culpa do tempo:

Se você não retém água o suficiente em sua pele, é isso o que infelizmente acontece

Do mesmo modo que a perda de água deixa a uva sequinha e enrugada, também deixa a nossa pele sequinha e enrugada. E não é difícil entender porque isso acontece, porque a água é a coisa mais importante para a nossa pele…

É a água que a mantém firme e saudável, é a água que a protege das ações agressivas do sol, da poluição e do estresse e que ajuda a pele a estar sempre se renovando ao “produzir” o que precisa produzir.

Se você conseguir manter água em sua pele, ela não só vai estar sempre hidratada, como também vai estar sempre saudável, conseguindo se renovar e se proteger daquelas “ações” agressivas que só envelhecem a pele muito mais rápido quando ela não tem como se defender contra elas!

E, se você já tem mais de 40 anos e está por dentro dos meios de cuidados com a pele, já deve saber que, o que retém a água em nossa pele para mantê-la sempre hidratada, é o ácido hialurônico.

Mas, o que você talvez não saiba é que essa “molécula de açúcar” é mais importante do que você imagina.

O açúcar bom para sua pele 💓

O ácido hialurônico é um tipo de molécula que atrai água, conseguindo reter dentro de nossa pele até mil vezes o peso dele em água.

Pra você entender melhor isso, pense no ácido hialurônico como as formiguinhas que conseguem carregar coisas muito mais pesadas do que elas, ou seja, a quantidade de água que ele consegue deixar dentro de sua pele é MUITO grande!

Além disso, ele também serve como uma “cola” das nossas células, preenchendo esse espaço que há entre elas com água, o que mantém a pele elástica e hidratada. Se esses “espaços” entre as células não são preenchidos, ficam espaços vazios que fazem a pele “afundar” e aí as linhas de expressão começam a surgir…

Para você entender melhor como o ácido hialurônico funciona, dá uma olhada nessas fotos aqui embaixo:

Damascos secos dentro de um copo com ácido hialurônico e o outro com soro comum

Nessa primeira imagem, temos dois damascos secos colocados dentro de dois copos, o primeiro tem ácido hialurônico e água, já o segundo tem apenas água com um soro comum.

O no copo com ácido hialurônico “inchou” de água, exatamente como acontece com nossa pele. 

Com o passar do tempo, o damasco que estava dentro do copo com ácido hialurônico “inchou”, enquanto o outro continuou seco e enrugado.

E é exatamente isso o que acontece com a nossa pele!

Sem ácido hialurônico, a pele fica com SULCOS, ou seja, fica cheia de deformações que chamamos de “rugas” e “bigode chinês”, porque sem ácido hialurônico a água “escapa”, ela não fica na sua pele!

Pra ajudar, você pode pensar em sua pele como sendo uma bexiga: se esvaziamos a bexiga, a deixando sem ar, ela fica toda murchinha, enrugada, mas aí se você devolve o ar para dentro dela, ela volta a ficar cheia, toda esticada e lisa.

Nesse caso, o ácido hialurônico é o “ar” de sua pele. 

Conforme nossa pele vai envelhecendo, ela vai ficando cada vez mais sensível aos elementos externos que a agridem (sol, poluição, etc.) e isso faz com que ela perca ainda mais água! Assim o ácido hialurônico também serve como uma “defesa” natural para a sua pele!

Como você já sabe, toda essa perda de água faz a pele ficar sequinha e fininha e ainda a impede de produzir tudo o que ela precisa produzir para ficar firme e jovem.

Com o ácido hialurônico lá dentro, retendo água, além dele deixar a pele mais hidratada e menos fininha, ele também a deixa mais firme, servindo como uma “armadura” interna para a sua pele ao “bloquear” melhor os efeitos dos elementos externos que só a prejudicam.

Antes de você aprender como evitar perder ácido hialurônico assim como eu faço, você precisa saber que essa molécula não funciona sozinha e que existe uma outra substância que você também tem que manter em sua pele, caso a queira firme e cheia de viço!

Essa substância é o silício orgânico, menos conhecido do que o ácido hialurônico, mas tão (senão mais) importante do que ele…

Para você entender direitinho, o silício orgânico é uma substância oleosa que também existe naturalmente em nosso corpo. Quando somos bebês, temos quase tanto silício orgânico quanto temos água, porém, com o tempo, a quantidade vai caindo, até que, depois dos 40 anos, nosso corpo tem apenas 20% de todo o silício que costumava ter no início de nossa vida.

É pouquíssimo! 

Como ele é um agente antienvelhecimento natural, a diminuição dele em nosso corpo é outro fator diretamente relacionado com o envelhecimento da pele.

Entre outras coisas importantes, é ele quem ajuda na hidratação da pele ao ter a capacidade de manter a água ligada ao ácido hialurônico, permitindo que ocorra a ligação da água na pele.

Ou seja, sem ácido hialurônico e silício orgânico, sua pele fica sequinha e fininha, criando todos aqueles “sulcos” que dão origem a todas as ruguinhas indesejáveis.

Então essa “única coisa” que eu aprendi e que eu faço desde os meus 35 anos e que vem funcionando maravilhosamente bem pra mim e todas as mais de mil e duzentas mulheres para quem já ensinei, é reter água em minha pele

E, para fazer isso, tudo o que eu preciso é manter ácido hialurônico e silício orgânico dentro de minha pele. 

Ao invés de gastar fortunas quase todo mês comprando trocentos cremes e suplementos diferentes, eu prefiro focar apenas no mais importante, que dá mais resultados e ajuda minha pele em tudo o que ela precisa.

Entendo se você tiver as suas dúvidas, mas, se você for como eu era há mais de duas décadas e já tentou fazer de tudo sem resultados ou sem resultados satisfatórios, talvez seja a hora de perceber que, às vezes, menos é mais.

Pense comigo, se você está em um jantar com várias amigas e todo mundo começa a falar ao mesmo tempo, exigindo sua atenção ao mesmo tempo, você não consegue entender nada e acaba só se estressando, sim? É o mesmo para a sua pele! 

Se você tenta hidratá-la, protegê-la, estimular todas as “substâncias” dela ao mesmo tempo, ela acaba ficando “confusa” em meio à tanta informação e, como resultado, não “faz” nada.

Eu não sei você, mas eu prefiro “alimentar” a minha pele com uma informação forte de cada vez. 

E, nesse caso, é uma “informação multitarefa” porque só o ato de “reter água” (de ter AH e silício orgânico cuidando de sua pele) já garante a hidratação, proteção e estímulo de colágeno e elastina ao mesmo tempo; exatamente por isso que a água é a coisa mais importante para sua pele!

É como ir à sorveteria comprar um picolé e ganhar três maiores e mais gostosos de brinde!

Agora irei compartilhar com você os meus “segredinhos”, ou melhor, os meus amados hábitos de cuidados diários.

O primeiro é focado em já devolver ácido hialurônico e silício orgânico perdidos à sua pele, para dar mais firmeza, proteção e suavizar os “sulcos” já existentes; isso vai facilitar (e muito) pra você conseguir parar de perder ácido hialurônico, garantindo que sua pele fique mais hidratada, aumentando o viço e mostrando para os “sinais da idade” quem é que manda!

E os três últimos irão te ajudar a parar de perder ácido hialurônico ou evitar perder tanto em primeiro lugar, assim as rugas e flacidez de seu rosto não irão se agravar.

Agora, bora pras dicas…

“Segredinho” 1: Capriche na Hidratação Antioxidante

Esse “segredinho” é talvez um pouco diferente do que você pode imaginar…

Sim, passar creme hidratante no rosto faz parte da rotina diária de cuidados com a pele e você deve fazer sim.

Mas, além disso, para as mulheres com mais de 30 anos que já querem (e devem) reforçar a hidratação e proteção da pele e para as mais maduras que precisam repor as “substâncias essenciais” já perdidas, algo importantíssimo que precisa ser feito é a reposição de ácido hialurônico.

Não importa o que fazemos para evitar perder água e ácido hialurônico (como você aprenderá daqui a pouquinho), por nossa pele ser muito sensível, acabamos sim perdendo alguma porcentagem dessa molécula de açúcar tão importante, ou ela deixa de ser tão eficiente, então, antes de pensar em mantê-la em sua pele, é importante pensar em repô-la e fortalecê-la.

E como fazemos isso?

Simples: com o estímulo certo através da aplicação diária de um “hidratante antioxidante”.

Você talvez já tenha escutado isso, talvez já tenha até tentado no passado sem resultados, porém existem certos “detalhezinhos” EXTREMAMENTE importantes que você com certeza não sabia antes!

Pra que o ácido hialurônico realmente funcione em sua pele, existem duas exigências que precisam ser cumpridas.

Veja bem, eu também achava que era só passar qualquer creme ou sérum com “ácido hialurônico (AH)” na embalagem e já estava tudo certo, ele já agiria e faria mil maravilhas para a minha pele… mas nunca funcionou e, por um tempo, acreditei que “repor” ácido hialurônico era só invenção da indústria de cosméticos para tirar dinheiro de mulheres cuidadosas como nós.

Até que eu descobri que não é qualquer ácido hialurônico que funciona. E eu digo isso porque, eu não sabia antes, mas existem diferentes tipos de ácido hialurônicos.

Então, primeiro, para o ácido hialurônico funcionar, ele precisa ser do “tipo” certo, ou melhor, ele precisa ser do tamanho certo.

Como eu disse, existem ácido hialurônicos de diferentes tamanhos de moléculas, o que, em termos técnicos, é chamado de “peso molecular”; existe desde AH com moléculas enormes (ou de “alto peso molecular”) até AH com moléculas pequenininhas (ou de “baixo peso molecular”).

Por que isso importa?

Bem, se o creme que você passar tiver ácido hialurônico de alto peso molecular, ele pode até hidratar e refrescar sua pele no momento, mas ele nunca fará nada além disso porque essas moléculas são grandes demais para entrar em sua pele! 

E, se elas não conseguem entrar em sua pele, elas não vão estimular o AH já existente, aumentando a quantidade de ácido hialurônico em sua pele para que ele possa realmente agir como deve ao longo prazo.

Agora você já sabe a primeira exigência do ácido hialurônico: ele precisa ser o de baixo peso molecular para poder agir de verdade e, assim, reter a água por dentro de sua pele, a deixando mais hidratada, mais “engrossada” e lisa assim como aquele damasco do experimento!

Já a segunda exigência é que, para o ácido hialurônico de baixo peso molecular funcionar de verdade, com toda a intensidade possível, ele precisa estar acompanhado do silício orgânico!

Lembra que eu disse que uma das “funções” do silício orgânico é manter a água ligada ao ácido hialurônico? Então, o silício orgânico é como uma “cola” para o ácido hialurônico que é uma “cola” para as células da sua pele!

Os dois precisam um do outro. E sua pele precisa dos dois.

E é isso o que você deve começar a fazer: passar um sérum de ácido hialurônico de baixo peso molecular com silício orgânico… o mais rápido possível!

Porque é essa dupla que vai garantir que sempre tenha água o suficiente em sua pele pra que os “sulcos” diminuam e pra que os agentes agressivos externos não ajam contra você, fazendo sua pele envelhecer ainda mais rápido…

Pense em sua pele como sendo uma linda flor: conforme o tempo passa, ela vai “murchando”, se exposta ao sol (fator externo) ela murcha ainda mais rápido. Se não recebe água (é hidratada) fica seca até não ter mais volta e, assim como a flor precisa ser frequentemente regada para continuar linda, sua pele precisa ser frequentemente hidratada da maneira correta!

Bem simples, sim?

Apesar de você agora já saber o que precisa ser feito, existe um pequeno “problema” que me atrapalhou por bastante tempo.

Como no Brasil é raro cremes ou séruns que tenham o ácido hialurônico de tamanho correto, por muitos anos eu fui obrigada a importar um sérum de ácido hialurônico certo E um sérum de silício orgânico por não encontrar um único produto com os dois!

Era esse o ácido hialurônico que eu importava de fora do Brasil a um custo altíssimo:

E esse silício orgânico, ainda mais caro!

Por muitos anos, eu precisei fazer esse pequeno sacrifício pelo bem da minha pele, precisamente por saber que os resultados viriam por eu estar usando diariamente o ácido hialurônico certo e adicionando silício orgânico para reforçá-lo!

Isso acontece, tanto dentro quanto fora do Brasil, por ser mais barato a comercialização do ácido hialurônico com suas moléculas grandes (porque há um “custo” para diminuí-las), e também é mais caro e mais difícil unir os dois ingredientes do modo certo e funcional…

Então é mais lucrativo para as empresas te venderem qualquer ácido hialurônico sem deixar que você sequer saiba que há diferentes tamanhos e que precisa ter o silício orgânico junto.

O resultado?

Você pode até estar passando ácido hialurônico em sua pele e ela pode até ficar mais hidratada por algumas horas… mas será apenas isso, nenhuma mudança real e, com o tempo, os efeitos disso ficarão bem visíveis nas rugas se aprofundando em seu rosto.

Então fique atenta: se quer ter os resultados reais, foque no ácido hialurônico de baixo peso molecular com silício orgânico. Sempre.

As empresas, infelizmente, não costumam colocar na embalagem qual é o tamanho do ácido hialurônico, portanto você precisa pesquisar MUITO BEM em casa antes de ir à farmácia comprar, mas, se o produto for real e de qualidade, estará escrito sim que tem ácido hialurônico + silício orgânico. 

Geralmente, se tem silício orgânico, pode confiar que o AH é o do tamanho certo, mesmo assim, se você tiver a sorte de encontrar algum assim na farmácia, pesquisa bem antes, combinado?

Foi isso o que eu fiz. 

Como o dólar está caríssimo (e nem tinha como ficar importando pra sempre), eu pesquisei, pesquisei e pesquisei muito mesmo, com a esperança de encontrar um produto brasileiro tão bom quanto os importados.

Até que eu consegui encontrar um produto que tem AH e silício juntos em uma única fórmula! 

A minha felicidade e empolgação foram imensas, mas eu só ficaria de fato satisfeita depois de testá-lo e ver e sentir por mim mesma os resultados.

Bem, fico feliz em te informar de que já estou há mais de um ano usando diariamente esse ácido hialurônico de baixo peso molecular + silício orgânico (que foram unidos em um ativo conhecido como “Epidermosil”), chamado de Nova Sérum

Vou postar uma foto dele aqui para você conferir:

O legal do Nova Sérum é que ele não vem em embalagem conta-gotas, ele é tipo um spray e parece um creminho, apesar de ser um sérum. 

Ele tem um cheirinho suave e gostoso e a textura não é pesada, mas também não é super leve, você consegue senti-lo, sabe? Assim como sente aquele frescor bom na pele instantaneamente, além de sentir a pele hidratada durante o dia inteiro, o que te deixa ciente de que sua pele está sendo bem cuidada. 

Eu o passo de dia e de noite logo após lavar o rosto com um sabonete líquido específico para o rosto, porque é muito importante passar ácido hialurônico só depois de estar com a pele bem limpinha, tá bom? Vou tirar uma foto do meu sabonete para você ter uma ideia (também pode ser um para bebês como os da Johnson & Johnson, você quem sabe!)

E olha eu aqui de cara BEM limpa hoje cedo antes de caprichar na minha hidratação antioxidante:

Ah, outra coisa: o Nova Sérum é pequenininho, então cabe na bolsa sem ocupar espaço, por isso sempre deixo um guardado na minha bolsa para não deixar de cuidar da minha pele mesmo se eu acabar dormindo fora de casa. 

É sério, não acho que eu consiga mais viver sem ele!

Mas, ATENÇÃO: Esse produto não é vendido em farmácias, okay? Apenas no site oficial deles! Se você quiser comprar, CLIQUE AQUI PARA IR ATÉ O SITE OFICIAL E FAZER O PEDIDO!

Eu acho que eles estão com uma promoção de 50% ou 60% essa semana, mas sei que comprar pacotes com mais de um produto é mais barato porque sempre compro pelo menos três de uma vez! 

De qualquer forma, vale super a pena aproveitar essa promoção deles, porque ele é um AH com silício orgânico 100% garantido, aprovado por mim e por todas as mulheres mais velhas da minha família, amigas e amigas das amigas.

Ah, como eu sei que, mesmo com minha indicação, você ainda pode ter dúvidas ou ficar com aquele “pezinho atrás”, tem um detalhe importante e bem legal sobre o Nova Sérum: ele vem com uma garantia de 100% satisfação! Ou seja, eles confiam tanto no produto deles que, se a cliente usar por 30 dias e não gostar (se não gostar de qualquer coisa mesmo, até do cheirinho suave do Nova Sérum), eles devolvem 100% do seu dinheiro, mesmo que você já tenha esvaziado a embalagem, usado até a última gota! Basta enviar um e-mail para [email protected] e solicitar o reembolso.

Agora bora descobrir como manter todo esse ácido hialurônico + silício orgânico em sua pele?

“Segredinho” 2: Corte Alimentos Processados e Embutidos e “Consuma” mais Polifenóis

Com certeza você já ouviu falar que alimentos processados como fast foods, linguiças e enlatados não são nada bons para a saúde e isso é verdade também para a sua pele. 

Eu não irei falar pra você nunca mais comer nenhum alimento processado ou embutido na vida, contudo se você quer evitar perder mais ácido hialurônico e silício orgânico, a minha dica é que você, pelo menos, diminua o consumo desses alimentos em seu dia-a-dia, pois eles aceleram a perda de água, além de causarem inflamações que só prejudicam a pele.

E também, geralmente quem come muitos processados, acaba não comendo muitas frutas e isso é um grande erro. 

Essas pessoas acabam envelhecendo mais rápido, desenvolvendo ruguinhas muito mais profundas na pele, principalmente porque não “mandam” água suficiente para dentro do corpo e, pro ácido hialurônico reter água em sua pele, você precisa primeiro consumir essa água.

Além disso, essas pessoas também acabam perdendo de forma acelerada o polifenol.

Polifenóis, no caso, são compostos bioativos anti-inflamatórios e antioxidantes, ou seja, eles ajudam a evitar inflamações agressivas pra pele e são ótimos para ajudar o AH e o silício no combate contra os radicais livres e outros elementos nocivos externos que só aceleram o envelhecimento de nossa pele.

Ao contrário do Nova Sérum, os polifenóis são apetitosos e agem no seu corpo todo!

Então, anote aí esses alimentos ricos em polifenóis:

Não tem um único dia que eu não coma uma salada de frutas completa no café da manhã, cheia de canela e cacau puro. 

E, claro, nunca dispenso um bom vinho tinto na companhia de um chocolate bem amargo! 😋 

Você pode escolher comer ou não comer o que quiser, mas tenha certeza de consumir pelo menos uma coisa com polifenol todo dia (pela sua pele!), além de tomar pelo menos 1 litro de água por dia, se não conseguir tomar 2, ok? Senão, não adianta nada ter ácido hialurônico em seu corpo sem água para ele reter!

Psiu! Só tome chá verde uma hora após qualquer refeição, caso contrário ele pode “roubar” o seu ferro. 😉 

“Segredinho” 3: Use Chá Verde ou Chá Branco 

Sim, eu sei que já mencionei os chás, mas essa dica é um pouco diferente (e vai ajudar muito aquelas amigas que odeeiiam chá!)

Como o chá verde e o branco possuem uma quantidade bem grande de polifenol, algo muito bom de se fazer é colocar chá verde ou branco direto na pele.

Antes que você me chame de louca por passar chá na pele, saiba que muitos produtos, como cremes e loções, até mesmo de marcas caras e importadas são feitos a base de chá, como camomila e o próprio chá verde!

Então, se quiser, você pode até procurar um desses cremes e usar, mas eu uso os chás naturais mesmo, direto da folha, porque os da caixinha não servem!

Para você ter uma ideia, o chá verde é RIQUÍSSIMO em antioxidantes, além de apresentar características anti-inflamatórias e é sim considerado um grande aliado na luta contra o envelhecimento. Já o chá branco tem ação antioxidante e a ingestão desse chá ajuda a retardar os efeitos de envelhecimento, melhorando aquele nosso amiguinho colágeno.

“‘Tá, entendi que esses chás são bons pra pele… mas como se passa chá na pele?”

É bem simples até.

O que eu faço: toda noite uma hora antes de ir dormir e toda manhã após lavar bem o rosto, eu passo em meu rosto, pescoço e colo um tônico adstringente maravilhoso de chá verde ou branco. 

Eu passo, deixo agir por uns 5 a 10 minutos, então enxáguo e sigo fazendo o resto de minha rotina noturna ou diurna de cuidados com a pele.

Diferente do Nova Sérum, que já vem prontinho, esse tônico pode ser feito em sua própria casa, mas é bem simplesinho de fazer, olha só:

  1. Coloque 100 gramas de folha do chá verde em meio litro de água e deixe descansar por uma hora. 
  2. Coe.
  3. Passe no rosto com algodão, em movimentos circulares e evite o contato com os olhos.

Comece a fazer isso toda noite antes de ir dormir e você já estará fazendo maravilhas pra sua pele!! Garantido!

“Segredinho” 4: Use Protetor Solar

Eu sei que esse aqui não é bem um “segredo”, mas é sempre bom lembrar da importância de usar protetor solar todo dia, principalmente porque o sol resseca a nossa pele, quase literalmente “evaporando” a água existente em seu corpo!

Os raios ultravioleta dele, principalmente entre as 10 da manhã às 4 da tarde são os mais fortes e agressivos, sendo bem esses que te envelhecem mais rápido ao te fazerem perder mais água, prejudicando o ácido hialurônico e o colágeno presentes em sua pele.

O protetor solar (passado de maneira correta, ou seja, em abundância e em cada centímetro de pele) é o maior protetor externo que sua pele pode ter e é ele quem irá te ajudar a não perder o ácido hialurônico, que, em consequência, protegerá sua pele por dentro!

Claro que é o Nova Sérum que te devolve ácido hialurônico e silício orgânico já perdidos, contudo o protetor também é indispensável e deve ser usado todo dia, em todas as estações do ano, não só quando você for à praia!

Faça chuva ou faça sol, o protetor solar faz parte da minha rotina diurna diária. Eu uso o fator 60 ou 99 do Episol no rosto, pescoço, colo e mãos. Vou tirar uma foto para você ver.

Você pode usar o protetor de sua preferência, mas uma dica bônus que eu dou é que existem protetores solares com cor, ou seja, você pode usá-lo como base e já economizar um pouco na maquiagem!

O sérum Nova Sérum, junto com uma dieta carregada de polifenóis com menos alimentos processados e embutidos o possível, mais o meu tônico de chá verde/branco e o protetor solar da Episol são os meus “segredinhos”, as 4 dicas que eu sigo e faço há anos e que me fazem parecer ter 35 anos, apesar de eu já ser uma quase avó de 55. 

Agora que você já sabe sobre eles, pode aderir e abusar desses novos hábitos!

Amiga, é isso aí. Chegamos ao fim desse post! 😜 

Espero que tenha gostado e que tenha sido muito útil pra você! Assim como espero que você se cuide sim e que passe a se olhar no espelho todo dia e sentir orgulho do que vê, porque você merece sim!

Por favor, comente o que achou. Deixe suas dúvidas e perguntas, responderei todo mundo, ok?

Muitos beijos com carinho,

Elaine S.

P.S.: Lembre-se sempre que seu bem-estar e sua saúde dependem apenas de você, ok? Então se cuide e se ame sempre, amiga! Faça você por você mesma e os resultados serão incríveis e de se orgulhar!

P.S.2: Ao contrário do protetor solar e do sabonete líquido, eu recomendo que você use sim o Nova Sérum, porque, como eu falei, é muito difícil achar um AH certo e bom aqui no Brasil, mais difícil ainda com silício orgânico junto! O Nova Sérum não foi o único que eu encontrei aqui, mas foi o único que agiu e me deu os resultados como os produtos importados costumavam dar, mas, como disse antes, sem condições de ficar importando produtos caros em crises como essa, não?

LINK PARA O SITE DO NOVA SÉRUM:

Clique Aqui Para Ir Ao Site Oficial do Nova Sérum!